Pegadas de cimento

O que é o futuro?

Para ler ouvindo: Mais um, Fábrica O que é o futuro? Por puro acaso, reassisti recentemente um filme que me fascinara há muitos anos: Corra Lola, responsável pelo renascimento do cinema alemão no final dos anos 90. Em meio a uma Alemanha que tentava a custo remendar o mapa de sua capital e com ela […]

O dia da criação

Para ler ouvindo: Para animar o bar, Cícero Isso é o que as pessoas normais fazem no sábado, é o que eu sempre me pego pensando no primeiro sábado depois que começam as minhas férias. Deve ser uma sensação que apenas professores de idiomas e vendedores de shopping compreendem: o sabor da tarde livre de […]

pequeno mundo incompreensível

Para ler ouvindo: Lenhador, Marcelo Perdido Dos nomes que seus amigos escolhem para batizar os filhos deles até certos recheios de pastel, há coisas que jamais terão explicação e que não exatamente incomodam, mas causam aquele milissegundo de estranheza até que você perceba que aquilo é absolutamente normal e que você já viu um milhão […]

Em um outro lugar

Para ler ouvindo: Rota, Apanhador Só Na entrada do teatro, a conversa é sobre as estripulias do cachorro. Assim que a peça acaba, nas escadas que separam a plateia do café do teatro, voltam a falar da bolinha, da caminha, do mordedor do Rex (agora até os cachorros tem nomes moderninhos, não ouvi como esse […]

Não tenha ódio no verão

Para ler ouvindo: O trem azul, versão do Terno, e Não se precipite, Apanhador Só O símbolo da Virada Cultural deste ano, com um sol e duas luas intercalados num design minimalista, só pecou pela falta de uma nuvenzinha por cima. Negra, de preferência. Vivenciar a Virada Cultural nunca é uma experiência igual duas vezes: […]

Rua de Real Grandeza

Para ler ouvindo: Libertem os Faunos, Cérebro Eletrônico Há exatamente um ano, o palco do Studio SP apresentava o seu último show: era uma Noite Seleta Coletiva com Metá Metá, Tulipa Ruiz, Criolo e mais um monte de gente de quem eu nem me lembro mais. Dias antes, a Banda Seu Chico, talvez a mais […]

48° 7′ N 11° 40′ E

Para ler ouvindo: Drumming, Florence and the Machine Na Alemanha, o silêncio grita nos ouvidos. Entro no meu quarto, deixo a mala no chão e não escuto absolutamente nada, nem a televisão da minha senhoria no andar de baixo. A maioria das pessoas descreve um país estrangeiro por aquilo que está lá: a aparência e […]