Fotos rasgadas

Velas apagadas

Para ler ouvindo: Pra manter ou mudar, Móveis Coloniais de Acaju Sempre há que se comemorar um aniversário, essa data em que as mães tem uma boa desculpa para entupir seus rebentos de açúcar com bolo, brigadeiro e guaraná e fingir que não se importam com a destruição à sua volta. O momento mais essencial […]

O que é o futuro?

Para ler ouvindo: Mais um, Fábrica O que é o futuro? Por puro acaso, reassisti recentemente um filme que me fascinara há muitos anos: Corra Lola, responsável pelo renascimento do cinema alemão no final dos anos 90. Em meio a uma Alemanha que tentava a custo remendar o mapa de sua capital e com ela […]

Contos da era pré-celular

Para ler ouvindo: Samba do Blackberry, Tono Como se calcula a passagem do tempo? Algumas coisas que você leu ou viu há muitos anos parecem encapsuladas numa época, e é tão engraçado quando triste perceber que revê-las não faz sentido algum. Como um papel muito antigo, cujo conteúdo podemos reviver se o tirarmos da caixa […]

A verdadeira moral da história

Para ler ouvindo: Queima o sol, Transmissor Entre as grandes heranças da literatura, como o fato de ninguém nunca ter de fato lido o Drácula de Bram Stoker antes de adaptá-lo ao cinema e de que as novas tecnologias não tenham incentivado nenhum diretor de cinema a transpor as histórias de Júlio Verne, uma das […]

Freud, Jung, Reich

Para ler ouvindo: Cosmogonia, Memórias de um Caramujo Datas são estranhas. Por uma estranha conjunção astrológica, faço aniversário no dia do Soldado brasileiro – para quem não sabe, o aniversário do Duque de Caxias, um dos fascistas mais covardes que esse país já teve –, logo eu, que tenho horror a qualquer coisa que lembre […]

O que deixamos pelo caminho

Para ler ouvindo: Vou ver o mar, Nevilton Toda mudança de casa deixa rastros. Depois da agitação de encontrar o endereço novo, as horas passadas encaixotando roupas, papéis, lembranças, os funcionários da empresa de mudanças que entram atabalhoadamente no seu espaço e carregam os seus móveis como se fosse um pedaço de carne, as horas […]

Amigos imaginários

Para ler ouvindo: Le Flâneur, Jennifer Souza Eu fui a clássica criança que teve um amigo imaginário. Não me lembro de como ele era, mas a minha mãe certa vez contou que me via conversando com ele e que eu pedia para ela colocar mais um prato na mesa, para ele comer. Em tudo o […]