Arquivo | junho 2013

Você está navegando os arquivos do site por data.

Si elle veut rester une jeune fille solitaire…

Para ler ouvindo: Não éramos tão assim, Pélico Qualquer pessoa que dê uma boa olhada neste blog (não precisa nem ler) pode chegar à brilhante conclusão de que a personagem do cinema com a qual eu melhor me identifico é a Amélie Poulain. Na verdade, essa seria a personagem com a qual eu mais gostaria […]

E a cidade inteira era um élan de amor

Para ler ouvindo: Quando a fé ruge, O Teatro Mágico e Campo de Batalha, Móveis Coloniais de Acaju Estamos, a cada dia, acordando em um mundo diferente – e eu não quero nem parar para pensar se estou exagerando ao dizer isso. Durante um dos protestos, um pensamento bizarro me ocorreu: a lembrança dos astrólogos que, […]

Entropia

(Na definição de Woody Allen, é a razão pela qual a pasta de dente nunca volta para o tubo) Para ler ouvindo: Divino Maravilhoso, de Gal Costa (porque é preciso estar atento e forte) Algumas imagens de segunda ainda não tinham saído da minha cabeça: os manifestantes cobrindo a Ponte Estaiada como formigas em uma […]

Tempos difícieis para sonhadores

Para ler ouvindo: Tanto mar, Chico Buarque (porque a maior parte da manifestação foi pacífica) Um tradicional sermão metodista nos diz para fazermos o melhor do tempo que nos é dado. Sempre me perguntei se esse tempo se referia à quantidade de anos que vivemos ou se devemos fazer o melhor da época em que vivemos. […]

E da bagunça da vida dela, quem vai se ocupar?

Para ler ouvindo: Despirocar, Apanhador Só Há um aspecto muito curioso nesta cena de Amélie Poulain, e ele não tem nada a ver com o fato de que M Collignon não está servindo a clientela e sim o seu simpático empregado. Na verdade, O Fabuloso Destino… tem várias cenas muito parecidas com essa, que também […]

Tesouros dentro de livros

Para ler ouvindo: O que se perde enquanto os olhos piscam, O Teatro Mágico Eu leio muito. Já cheguei a dizer que lia compulsivamente: é quase impossível eu não ter um livro comigo, e normalmente não estou lendo apenas um, de modo que as leituras se dividem no livro do ônibus, o livro de antes […]